Encena

Quando percebeu, todas as fotos estavam em um mesmo álbum. As caixas estavam vazias no corredor. Não sabia dizer onde estavam as fotografias que se desfez. Não que tivesse se desfeito dos fatos. Apenas deixara algumas fotos fora do álbum, de fora da sua realidade.

Passava por aquilo por que não reencontrava sua história pelo caminho que passava diariamente. Não importava se trabalhava ou não. Se quer importava se saia de casa. O que lhe restava era a história que tinha, o acumulo de fatos que é considerado o “quem é você”. O problema é que sabia quem era, do que gostava e o que queria. Mas não sabia contar como chegara ali. Tinha imagens, paisagens e lembranças de sua vida, mas não tinha a história.

Quando finalizou de montar o álbum. Tinha os fatos todos no mesmo lugar. Tinha os diversos fragmentos em ordem linear, reunidos como queijo e presunto em um misto quente. Finalmente formava uma coisa só.

Mas passando os olhos pelas fotos, parou em uma. Se via no meio de montes, no alto. Se lembrava bem daquele dia, havia feito uma longa e difícil caminhada para chegar ao topo do monte, Havia chovido na noite anterior, então a trilha molhada se mostrou capaz de puxar o tapete de qualquer um. Era inevitável o desequilíbrio e os escorregões. Quando chegou ao topo estava com lama por todo o corpo e roupa, como mostrava a foto. Mas havia uma coisa que lhe intrigava: havia mais alguém na foto. E não se lembrava quem era.

Isso deixava sua mente confusa e embaraçada. Era como se aquela pessoa estivesse em sua frente dizendo: “Há quanto tempo não nos vemos! Vá lá, não diga que não se lembra de mim”.

Nessa hora percebeu que todo o trabalho que tivera reunindo fatos e fotos para reencontrar-se em si era inútil. Aquela não era a sua versão dos fatos da vida. Aquela não era a sua história, mas sim, partes das vidas de outras pessoas, que convergiam na sua própria vida. Eram fotos tiradas por alguém. Era a visão e versão dos fatos de alguém e não de si mesmo.

A foto nos montes? Não se lembrava do fotografo…estava sozinho quando chegou ao topo.

Conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: