Sô riso

Quando acordei o céu já estava azul. Esbocei um sorriso pela noite de ontem quando lembrei da tua risada. Mas logo me lembrei que você me rejeitou. Falando assim parece que a gente se conhece faz muito tempo. Mas na verdade não. Na verdade eu nem te conheço direito. Mas tem alguma coisa no seu sorriso que faz tudo parar e eu só conseguir prestar atenção nele. Como se eu precisasse entender algo.

Preciso te entender. Mas antes disso, preciso me entender. Preciso entender porque isso acontece comigo. Porque com você. Porque você me faz tão bem, mas ao mesmo tempo tão mal. Talvez eu veja em você alguém que não existe. Alguém que eu queria muito que você fosse. E ai, quando eu percebo que você não é esse alguém, eu fico triste.

Mas também não é nenhum enorme drama. Sinto como se fosse só uma pena que a gente não dê certo e talvez nunca dê. E ai eu fico me perguntando o que seria dar certo. Talvez fosse você ser alguém que não é e eu me tornar o par desse alguém. Um par que não sou.

Então fico feliz. Por perceber que seu sorriso vai continuar brilhando pra mim enquanto você me rejeitar. E eu, vou continuar acordando sozinho e sorrindo. Afinal, o que importa é essa magia maluca que mexe comigo. Espero que ela mexa com mais alguém também.

Conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s