Dia de faxina

Ouço o aspirador de pó. Hoje é dia de faxina. Agora já estou bem, já acordei da noite de ontem, das cervejas e das promessas de um final de noite que será esquecida. Logo vão me pedir para sair do quarto, para que este seja devidamente limpo. Mas antes preciso contar algo para o mundo, deixar isso registrado.

Queria ter tempo, calma e silêncio para escrever algo que julgo tão importante. Queria poder vomitar minhas ideias em forma de palavras, para que eu não perdesse nem um detalhe. Pergunto quanto tempo tenho para o aspirador de pó, mas ele não me responde. Seu barulho o ensurdece assim como a mim e os outros seres vivos que habitam meu mundo.

Bem, mas o que quero dizer é algo sobre como a vida deve ser vivida. Algo sobre como devemos perceber tudo ao nosso redor, coisas, pessoas, objetos. Sobre como devemos interagir com eles. Fazer escolhas. Ou melhor dizendo, renúncias. Afinal, cada escolha é um conjunto enorme de renúncias e não o contrário. Quando escolho, perco muito mais do que ganho, quantitativamente falando. Desperdiço todas as outras oportunidades. Ela desliga o aspirador, ganho a oportunidade de perguntar quanto tempo tenho. Dez minutos.

Certo, em dez minutos, preciso te contar como viver a vida. Levanto e volto. Precisei orientar a reforma que acontece no quarto ao lado, o que fazer com as tranqueiras, livros e coisas no meio do caminho. Afinal, hoje é dia de faxina, e nenhum dos quartos escapará.

Foi conveniente essa pausa instantânea. Me tirou algum tempo, mas diz respeito sobre o que estamos conversando por aqui. Afinal, o que fazer com os objetos no meio do caminho? É disso que se trata a vida: que fazer com a vida no meio do caminho? O que fazer com a vida no meio da vida? Precisamos entender o que é a vida e como lidar com ela, antes que seja tarde demais.

Tarde para que ela não exista mais. Não a vida, vida. A vida na Terra ou Universo. Mas a sua vida. A sua vida vai acabar e a única coisa que você não deve fazer é deixar de tentar entende-la. Sabe? Ficar perdendo tempo com coisas inúteis dentro de casa enquanto tem uma imensidão de coisas maravilhosas lá fora para serem entendidas percebidas.

O aspirador se aproxima, suspeito que vai entrar, mas não. Ele ainda está no quarto ao lado. É sinal de que meu tempo está acabando e eu ainda não contei.

Vamos direto ao ponto. A grande questão é que não dá pra lutar contra o tempo. Você deve aceita-lo. Não! Não aceite que ele passa. Não é disso que eu falo. Falo sobre aceitar que é você que faz o tempo passar. Viver é arrastar o tempo para frente. No fundo, é tudo que queremos, que o tempo passe e a gente viva com ele. Mas bem esse não é o segredo.

O segredo é o dia da faxina. Você precisa limpar sua cabeça e coração de medos. Medo que o tempo passe. Medo de não entender a vida. Medo de não conseguir seguir em frente. Medo dos seus sonhos. Tenho certeza que você tem mais medo dos seus sonhos do que daquilo que te assusta.

O barulho do aspirador está vindo. Meu tempo está acabando. Os dez minutos chegam ao final. Só vou conseguir terminar de escrever se conter meu medo de não ser capaz. Preciso me superar, escrever mais rápido e de maneira mais concisa.

 

Batem na minha porta.

 

 

 

 

“ vou estender a roupa no varal e já volto aqui para terminar de passar o aspirador. O próximo quarto é o seu “

 

 

 

 

 

OH YES! É isso que eu tento explicar. Você precisa simplesmente parar de querer entender a vida e simplesmente vive-la. Apenas siga sua intuição. Nada faz sentido e nada deve ser entendido. O aspirador de pó sempre chega um pouco depois do que a gente imagina, aproveite. Eu vou aproveitar a minha, cansei de tentar te explicar essas coisas.

Conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: