Aceito

Aceito escrever.

Me atiro ao meu destino e abraço as minhas sentenças.

Ouço-me procurar pelos sons e cheiros,

pelo tato, me embaraço em palavras que não existem.

Me deixo cair na tentação de uma dança de versos

Bailo comigo, me envolvo, me ofereço a mim mesmo.

Ofereço-me as letras, que, como formigas, me acumulam,

fazem de mim um amontoado de sutilezas.

Empilhadas,

formam um livro.

 

Conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: